Início PENSE NUM ABSURDO

PENSE NUM ABSURDO

topo-coluna-01

Opinião: Não esqueçam de combinar com o povo

Zapeando pela internet nesta segunda-feira, 25, leio na maioria dos portais do estado a notícia da reunião do governador Wellington Dias e senador Ciro Nogueira para definir os rumos da chapa governista e possivelmente dar fim a novela sobre quem será o escolhido para se candidatar a vice-governador junto o Indiozinho. Como todos já sabem, […] LEIA MAIS


OPINIÃO: E se outras profissões resolvessem cruzar os braços?

O que vimos nos últimos dias foi apenas uma pequena amostra sobre quem realmente carrega o país nas costas e os caminhoneiros são uma parcela importante desses trabalhadores que na maioria das vezes são rebaixados. Isso faz parte da cultura aristocrática e cheia de mordomias que nós brasileiros, levamos nas costas desde o nosso redescobrimento […] LEIA MAIS


PENSE NUM ABSURDO: Despertar de um pesadelo “o apego emocional”

Meu processo de escrita é bem peculiar. Penso em muitos assuntos, projeto, faço esboços, mas no fim sempre escrevo sobre algo que não tem nada a ver com a ideia original. Intrigante como o cérebro humano funciona. Mais intrigante ainda é que decidi escrever sobre sentimentos. Faz mais de cinco anos que estou solteiro. Meu […] LEIA MAIS


PENSE NUM ABSURDO: Dias e Oposição que só aparece nas eleições

Verdade seja dita: no Piauí não existe oposição a governadores e os que se colocam nesta seara não têm voz suficiente – pregando o deserto ou nem isso. A maioria se omite e quem fala e bate muito, como o deputado estadual Robert Rios (PDT) acaba por estar mais perto da caricatura raivosa que de […] LEIA MAIS


OPINIÃO: Floriano completa 120 anos e uma homenagem a Natividade Monteiro

Certa vez, aprendi que devemos homenagear e lembrar sempre das pessoas que fazem parte da história e contribuíram de alguma maneira para nosso desenvolvimento. É uma maneira de dizer “obrigado” em memória, pra deixar marcado a importância da pessoa em questão e não in memorian. Nesse sentido, após ver e analisar uma semana de realizações, […] LEIA MAIS


PENSE NUM ABSURDO: Ética seletiva e os falsos discípulos

Há uma guerra de egos nas redes sociais que chega a beirar o ridículo. São inúmeros “aspones” (Assessor de PORRA Nenhuma) prontos para o debate acalorado e cheio de opiniões nervosas sobre Presidência da República, Operação Lava Jato e qualquer outro tema que possa aloprar os possíveis candidatos para 2018. É uma babaquice sem fim. […]
LEIA MAIS


 

PENSE NUM ABSURDO: Ele é negro, mas tem o cabelo liso

Não sou militante de movimento pela igualdade racial ou algo do tipo, mas tenho em minha consciência conceitos e preconceitos com os quais julgo tudo e todos. Não adianta vir aqui, escrever palavras bonitas sobre um tema tão polêmico como a questão racial e sair pela tangente ou fazer mea culpa como se dissesse “é […]
LEIA MAIS


 

PENSE NUM ABSURDO: E se o carnaval de Floriano não prestar?

Dias desses, bebendo uma cerveja com amigos ali no antigo bar do Posto 5, entre um papo e outro, uma moça se aproxima da nossa mesa, cumprimenta a todos e é recebida calorosamente por uma das pessoas que me acompanhava. Perguntaram um ao outro como estavam, se elogiaram e demonstraram carinho ao relembrar determinado momento […]
LEIA MAIS

 


PENSE NUM ABSURDO: Floriano não pode viver dias de um futuro esquecido

Chegado as comemorações de fim de ano um sentimento generalista toma conta da maioria: renovação. Seja ela de esperança ou recomeços, todo mundo espera um ano melhor do que esse breve findará. É esse o meu sentimento enquanto jornalista, enquanto filho dessa terra de gente trabalhadora, humilde e que sabe acolher quem está de passagem […]
LEIA MAIS


PENSE NUM ABSURDO: O que terá acontecido a Gilberto Jane?

Quem me conhece sabe que meu filme preferido é o clássico “O que terá acontecido a Baby Jane?” com as memoráveis atuações das maiores atrizes do cinema que você um dia verá: Bette Davis como Baby Jane e Joan Crawford como Blanche Hudson. Basicamente é a história de uma louca cuidando de uma paralitica, mas […]
LEIA MAIS