Início POLÍTICA Governo federal retomará 48 obras no Piauí, informa Elmano Férrer
Governo federal retomará 48 obras no Piauí, informa Elmano Férrer

Governo federal retomará 48 obras no Piauí, informa Elmano Férrer

0
0

O senador Elmano Férrer (PTB-PI) informou em Plenário, na semana passada, que o Piauí será beneficiado pela recente decisão do governo federal de retomar obras inacabadas em todo o país. Serão 48 empreendimentos reiniciados na capital Teresina e em outras 34 cidades, o que vai requerer investimento de R$ 100 milhões.

– As obras são de pequeno porte, muitas delas em cidades do interior, mas de grande importância para as comunidades locais. São escolas, creches, praças, centros esportivos, cisternas, adutoras e pequenas barragens. O impacto na economia dos municípios é imediato – afirmou.

O senador ponderou, entretanto, que a retomada não pode ficar restrita a pequenos empreendimentos e deve se estender a trabalhos de grande porte iniciados em outras administrações. Como exemplo, citou a transposição do Rio São Francisco,

– A situação crítica vivida pelos brasileiros do sertão nordestino é impositiva para que essa importante obra continue sendo prioritária para o governo federal.

Elmano Férrer destacou o drama da seca vivido pelos nordestinos e informou que tem participado de articulações que vão possibilitar a implantação da Adutora do Sertão. O projeto, segundo ele, acabará com a sede no Semiárido piauiense, levando água de qualidade para mais de 600 mil pessoas, em 51 cidades do estado, especificamente na região semiárida, o que livrará o Piauí das ações paliativas de carros-pipa.

O parlamentar lembrou ainda que o Senado deve ajudar o Poder Executivo em sua decisão de dar prosseguimento às obras paralisadas.

– Em 8 de novembro, foi instalada a comissão especial que fará um levantamento das obras federais paradas e identificará os problemas, além de propor leis para evitar novas ocorrências. Faço parte desse grupo com mais oito Senadores, que assumirão a responsabilidade de marcar a posição do Senado Federal frente a um tema de tamanha relevância- afirmou.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: