Início CIDADE SEINFRA se reúne com vendedores da Praça Dr. Sebastião Martins
SEINFRA se reúne com vendedores da Praça Dr. Sebastião Martins

SEINFRA se reúne com vendedores da Praça Dr. Sebastião Martins

0
0

A prefeitura de Floriano através da Secretaria de Infraestrutura – SEINFRA, se reuniu na manhã desta segunda-feira (16) com os proprietários de brinquedos de diversão, vendedores de lanches, arrumadinhos e outros que desenvolvem suas atividades na Praça Dr Sebastião Martins, centro de Floriano para tratar do desalojamento de logradouros públicos e relocação dos profissionais nas imediações do Cais do Porto, importante atração turística de Floriano que será revitalizada.

Esta iniciativa vem sendo trabalhada desde o ano passado, quando os profissionais começaram a ser comunicados sobre as mudanças necessárias para o êxito do projeto. Segundo o secretário Marcony Allison esta mudança será positiva para os vendedores que terão um local para desenvolver suas atividades com mais comodidade, para a população de modo em geral que utiliza os logradouros públicos e para o município que fica com a sensação de dever cumprido.

Esse trabalho é realizado em parceria com outras secretarias, como a de Turismo e Desenvolvimento Econômico, a prefeitura oferece o apoio necessário para a mudança de local, providenciando ainda o alvará de licença para o desenvolvimento das atividades destes profissionais, que terão seus direitos assegurados, podendo a partir da legalização, ter acesso até mesmo a linha de crédito, uma vez que a maioria dos vendedores é de fato um micro empreendedor. Até o final do mês de abril, os profissionais devem realizar a troca de local.

Maria Eunice, 62 anos, trabalha há mais ou menos 2 anos na praça Dr. Sebastião Martins e garante que a prefeitura deu todo o apoio para que a transferência possa acontecer: “não nos deixaram na mão, está bom demais”, disse.

Já Ivan Rodrigues, 49 anos, proprietário de brinquedos que ocupam o espaço, trabalha há 12 anos em média neste local e afirma: pra mim está bom, porque não vou ficar no meio da rua, estou tendo um lugarzinho, um espaço, vai ser até melhor pra gente, já vamos ficar garantidos. O micro empresário está feliz por sair da zona de ilegalidade e poder funcionar com alvará expedido pela própria prefeitura.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: