Início CIDADE Reforma do Caic de Floriano depende da venda de imóveis do município
Reforma do Caic de Floriano depende da venda de imóveis do município

Reforma do Caic de Floriano depende da venda de imóveis do município

0
0

Na manhã desta segunda-feira (05) os Poderes Executivo e Legislativo de Floriano estiveram em reunião na Câmara dos Vereadores para acompanhar a apresentação dos projetos arquitetônicos e de engenharia que serão executados a partir da alienação, mediante venda, de imóveis do município.

Na ocasião o secretário de Governo, James Rodrigues, realizou uma apresentação detalhada com informações complementares do Projeto de Lei n° 008/2018, apresentado pela Prefeitura de Floriano, que trata da alienação de prédios municipais para a arrecadação de recursos que, de acordo com o projeto, serão investidos em obras de reforma e construção de prédios na cidade. Da mesma forma foi explanado o orçamento previsto para cada obra.

No projeto constam quatro prédios públicos que estão cotados para venda, através de processo licitatório, caso o projeto seja aprovado, são esses: a sede da Secretaria Municipal de Saúde, localizado na avenida Eurípedes de Aguiar; sede da Garagem da Prefeitura de Floriano, também localizado na avenida Eurípedes de Aguiar; prédio do CCZ – Centro de Controle de Zoonoses, que fica no bairro Taboca; e a área do antigo Terminal Rodoviário Miguel Arcoverde, no bairro Cancela.

Com a venda desses imóveis a Prefeitura objetiva destinar os recursos angariados para as seguintes ações: construção da nova sede da Secretaria Municipal de Saúde, que custará cerca de R$ 1 milhão, para abrigar toda a estrutura da saúde do município; de uma Central de Transportes, que irá organizar e dar assistência à frota municipal; do Centro Comercial “Assad Kalume”; do Centro Comercial “São Pedro”, destinados aos vendedores ambulantes; construção de um novo cemitério e de um novo Centro de Controle de Zoonoses, denominado Centro de Epidemiologia em Saúde; reforma do Mercado Central e reforma e climatização do Centro Integrado de Ensino de Floriano (CEIF) – Professora Raimundinha de Carvalho.

O processo seguirá 3 etapas: autorização legislativa, a avaliação dos bens e, em seguida, o processo licitatório. Segundo o secretário de Governo, James Rodrigues, essas obras gerarão emprego e renda, e darão função social aos patrimônios públicos. Estiveram presentes os vereadores municipais, assim como o vice-prefeito Antônio Reis, o presidente da Câmara dos Vereadores, Maurício Bezerra, e o vice-presidente Manoel Simplício, o secretário de Infraestrutura, Marcony Allison, e o procurador do município, Marlon Brito.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: