Início OPINIÃO RADAR FLORIANO: O Terminal Turístico de Floriano apodrece
RADAR FLORIANO: O Terminal Turístico de Floriano apodrece

RADAR FLORIANO: O Terminal Turístico de Floriano apodrece

0
0

Nenhum lugar em Floriano tem tanto significado histórico como o Terminal Turístico localizado no Caís da Beira Rio. No local, onde foi colocada a pedra fundamental de nossa cidade, abrigou a primeira escola técnica do Brasil e agora agoniza em desprezo. O prédio, não tem titularidade, ou seja, não é do Estado, nem do município e nem de responsabilidade do IPHAN. Mas, atualmente quem administra é a Prefeitura Municipal de Floriano, que não está fazendo seu trabalho.

Depois de anos de tentativa, o IPHAN tombou e reconheceu o prédio como Patrimônio Histórico e parece que foi o passaporte para o esquecimento. Há alguns anos, o ex-prefeito Gilberto Junior, o historiador Luís Paulo e o arquiteto Nilson Coelho deram entrevistas, fizeram visitas e tiraram fotos “dizendo” que iam reformar o local e até agora nada, pra variar.

Precisamos reconhecer a importância desse prédio e temos que dar celeridade ao processo de recuperação. Entendo que uma reforma desse porte precisa de dotação orçamentária, mas não temos tempo pra reclamar, precisamos encontrar medidas e soluções para a recuperação do prédio. A própria prefeitura tem como mandar fazer uma limpeza, colocar cadeados e arrumar as portas, só precisamos de boa vontade.

Sinto informar que o prédio está em ruinas. Em 2017, várias reportagens foram feitas sobre o abandono do local que agora não passa de um banheiro a céu aberto e um refúgio para usuários de drogas. É com muita dor que eu clamo para que providências sejam tomadas, um local onde já se passou tantas histórias não pode ser esquecido e isolado.

O Terminal Turístico é o coração cultural da nossa cidade é o nosso cartão postal!

*Allan Aquino é produtor cultural, militante político ligado ao movimento LGBT, social e estudantil. Nascido em Água Branca é apaixonado por Floriano. Formado em Geografia pela Universidade Estadual do Piauí tem como área de interesse geopolítica. Aquino escreve sobre política, atualidades e cultura.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: