Início OPINIÃO PENSE NUM ABSURDO: O que terá acontecido a Gilberto Jane?
PENSE NUM ABSURDO: O que terá acontecido a Gilberto Jane?

PENSE NUM ABSURDO: O que terá acontecido a Gilberto Jane?

0
0

Quem me conhece sabe que meu filme preferido é o clássico “O que terá acontecido a Baby Jane?” com as memoráveis atuações das maiores atrizes do cinema que você um dia verá: Bette Davis como Baby Jane e Joan Crawford como Blanche Hudson. Basicamente é a história de uma louca cuidando de uma paralitica, mas não vou dar spoilers. De qualquer forma, quem tiver oportunidade, não deixe de ver essa obra-prima da sétima arte.

Voltando ao contexto pelo qual escrevo meu primeiro artigo no Portal iFloriano.com, peço licença ao caro internauta para contar-lhes uma breve história.

Quem lembra da época em que o PITV 1ª edição era gerado da TV Alvorada? Eu lembro. Essa é uma das primeiras lembranças que tenho da época em que decidi me tornar jornalista. Achava o máximo saber que um telejornal era produzido na minha cidade e que com todas as dificuldades, até aquela época, nós detínhamos a única TV comercial do interior do estado. Chique, não?

Me recordo de acompanhar ao lado do papai (que também se chama Gilberto) no horário de almoço, o telejornal local apresentado por Gilberto Junior. Homem alto, esguio, de voz eloquente, carismático, um topete um tanto quanto avantajado em um estúdio apertado, mas muito seguro do que estava fazendo. Um advogado que virou jornalista. Um jornalista que virou político. Um político que não virou nada.

Com sua ascensão à Prefeitura de Floriano no que parecia um voo certeiro de uma carreira bem sucedida, se tornou o inferno astral de homem que viu um sonho se torna seu maior pesadelo. Passados quatro anos da esquecível Era Gilberto Junior, faço uma pergunta a vocês que conseguiram chegar até esse ponto da leitura: Como alguém deixa que outras pessoas destruam sua imagem desse jeito?

O que terá acontecido a Gilberto Junior? Assim como Baby Jane, o sentimento que o prefeito de Floriano passa é de que sente saudade do passado glorioso e se envergonha do presente com um futuro incerto. Ficar à sombra de um secretário e deixar de ser protagonista da própria história por um grupo de abutres valeu à pena? E agora? Qual será o desfecho dessa história?

Espero que ao chegar ao fim (do mandato), não descubra como nossa antagonista que tudo não passou de mal entendido e que você (Gilberto) poderia ter sido como um irmão aos florianenses esse tempo todo. Ou talvez, seja tarde demais.

*Jornalista e cientista político, Denilson Avelino é editor-chefe do Portal iFloriano.com e atual repórter da Rede CBN (Central Brasileira de Notícias) no Piauí. Vencedor de algumas premiações, como o Prêmio Piauí de Reportagem, Avelino já passou pelas redações do Sistema de Comunicação de Picos, Rede Meio Norte e Revista Fecomércio. Escreve sobre cotidiano, sociedade, política e tudo mais que der vontade. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *