Início ECONOMIA Investidores interessados na Cepisa devem enviar proposta na 2ª feira
Investidores interessados na Cepisa devem enviar proposta na 2ª feira

Investidores interessados na Cepisa devem enviar proposta na 2ª feira

0
0

O leilão da Companhia Energética do Piauí (Cepisa) foi confirmado ontem (18) pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o dia 26 de julho.

Os investidores interessados na Cepisa deverão entregar suas propostas econômicas pela empresa e documentos de habilitação na B3 no dia 23 de julho, entre 9h e 12h, conforme informou o comunicado do BNDES, publicado em edição extra do Diário Oficial da União.

O leilão de outras quatro distribuidoras será realizado apenas no próximo dia 30 de agosto, porque algumas pendências das empresas com a justiça inviabilizaram a venda para este mês. Em agosto, portanto, serão leiloadas a Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), Boa Vista Energia, distribuidora de energia em Roraima, Amazonas Distribuidora de Energia (Amazonas Energia).

Já o leilão da Companhia Energética de Alagoas (Ceal) continua suspenso devido a uma decisão judicial.

Como será o leilão

Vence o certame quem pagar R$ 50 mil pela distribuidora e garantir menor desconto no adicional aditivo da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ou seja, quem garantir a menor tarifa para o consumidor.

Após o certame, no entanto, a empresa vencedora terá que fazer aportes milionários para que distribuidora tenha capital de giro e consiga funcionar normalmente. Somando as seis distribuidoras, serão necessários R$ 2,4 bilhões em aportes. O maior deles é o da Cepisa: R$ 740 milhões.

As dívidas das distribuidoras não serão assumidas pelos vencedores. Ficou decidido que a Eletrobras vai assumir todos os débitos, cujo valor estimado é de R$ 11,2 bilhões.

Também foi definido que a estatal assumirá os encargos de R$ 8,5 bilhões referentes ao aportes dos fundos setoriais de energia, referentes a créditos ou obrigações com a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e a Conta de Consumo de Combustíveis (CCC). Com isso a Eletrobras deverá assumir cerca de R$ 20 bilhões em passivos das distribuidoras.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: