Início CIDADE Hospital de Floriano sedia capacitação sobre os cuidados ao recém-nascido

Hospital de Floriano sedia capacitação sobre os cuidados ao recém-nascido

0
0

O Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, sedia, até o dia 20 de março, o treinamento sobre reanimação e transporte de recém-nascido de alto risco. A capacitação é destinada aos profissionais de saúde que atuam nas maternidades dos hospitais de Floriano, Corrente, Bom Jesus, Uruçuí e São Raimundo Nonato, além daqueles que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(SAMU). Ao todo, 350 profissionais serão capacitados pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Essa ação é uma das estratégias para minimizar os indicadores de mortes neonatais (entre 0 e 27 dias de vida), que representam cerca de 60 a 70% da mortalidade infantil. De acordo com neonatologista Prof. Dr. Renato Lima, estudos apontam que a reanimação, definida de forma ampla como apoio especializado para uma transição bem sucedida ao nascer, tem sido um foco maior dentre os esforços para diminuir a mortalidade neonatal precoce.

“A implementação destas intervenções podem consistir em ações de baixo custo e com efetivo impacto sobre a qualidade da assistência materna ao RN e a qualificação permanente dos profissionais na atenção pré-natal, manejo obstétrico e atendimento ao RN na sala de parto, são exemplos destas intervenções”, explica.

O diretor geral do Hospital, Edmar Figueiredo, destaca a importância do Tibério Nunes sediar esta capacitação. “Somos uma unidade referência em alta complexidade neonatal na região Sul. Ofertar e sermos parceiros de instituição de renome nacional para capacitar os profissionais de saúde é de suma importância para qualificar e trazer melhorias não só aos profissionais, mas para nossos pacientes e familiares, especialmente aos bebês recém-nascidos, que precisam de cuidados especiais, como aqueles que estão na UTIN”.

Programa de Reanimação Neonatal
O Programa de Reanimação Neonatal da Sociedade Brasileira de Pediatria pretende capacitar cerca de 350 profissionais de saúde dos hospitais e do SAMU no Piauí, como médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem que atuam na assistência ao recém-nascido.

Na programação, são abordadas técnicas e atitudes para assegurar a vida de recém-nascidos em situações de emergências, identificando anormalidades e tomada rápida de decisões na realização dos procedimentos necessários, a fim de garantir uma assistência segura aos bebês, além de abordar a realização do transporte intra- e inter-hospitalar do recém-nascido de alto risco de modo eficiente e seguro, com os profissionais do SAMU.

O curso de Reanimação de RN e de Transporte de Alto Risco de RN pela SBP faz parte de um projeto de Doutorado em Saúde da Criança e do Adolescente, da Universidade Estadual de Campinas(UNICAMP). Os estudos se baseiam na “Análise do impacto do Programa de Reanimação Neonatal da Sociedade Brasileira de Pediatria nos resultados neonatais da mesorregião sudoeste do Piauí”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: