Início PIAUÍ Estudante transexual é impedida de colar grau em faculdade

Estudante transexual é impedida de colar grau em faculdade

0
0

A estudante de Enfermagem Emanuelly Almeida, 27 anos, foi impedida de colar grau na faculdade em que estuda na tarde de terça-feira (24). Emanuelly é transexual e diz que foi vítima de transfobia por parte da faculdade.Ela relata que durante a cerimônia de formatura, que acontecia na faculdade, chamaram todos os nomes de sua turma menos o seu. No espaço haviam cerca de 200 pessoas, entre estudantes, familiares, amigos e servidores da instituição.

A mesa informou para a graduanda que faltavam horas complementares para que seu nome fosse incluso na lista de formandos. Emanuelly contesta e diz que ao consultar a coordenação do curso, disseram que sua documentação estava completa.

“Eu fui impedida de colar grau e me disseram que eu poderia colar grau na próxima semana, em um lugar mais reservado, e a de hoje seria uma formatura simbólica”, disse a estudante.

A polícia foi acionada, o que agravou a situação. A estudante diz que foi vítima de transfobia e irá acionar os órgãos de defesa dos direitos LGBT. Ela afirma que hora complementar não é pré-requisito para formatura, uma vez que outros colegas receberam o grau sem completar as horas.

“Vou denunciar para os órgãos de direitos LGBT e provar. Tenho os comprovantes de entrega dos documentos e e-mails que provam o envio para a faculdade”, disse Emanuelly.

A Coordenação de Combate a LGBT Fobia da SASC (Secretaria de Assistência Social e Cidadania) afirmou que irá, juntamente com outros órgãos de defesa dos direitos LGBT, apurar a atitude da faculdade.

“Nós vamos estar apurando mais a fundo, junto com o grupo de transexuais e travestis essa atitude perversa que foi da direção da faculdade e ainda mais de ter chamado a polícia para a nossa companheira”, disse Joseane Borges, Coordenadora de Enfrentamento de LGBT Fobia da SASC.

O Cidadeverde.com tentou contato com a coordenação do curso, mas até o fechamento desta matéria não obteve retorno.

Fonte: Rodrigo Antunes/CidadeVerde.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: